Investigue seus pensamentos: Transforme o Mundo

Artigo escrito por Roberto Ziemer como introdução ao Seminário dos dias 16 e 17 de Maio.

Quer saber mais sobre o seminário?

Clique aqui.


Neste momento de tantas provações muitas pessoas têm me perguntado: qual é o conhecimento ou habilidade que seria mais eficaz para lidar com as situações que estou vivendo? Como eu poderia ser mais proativo e construtivo diante dos desafios que estou enfrentando? O que fazer para transformar a desesperança e a passividade em autoconfiança e capacidade para a ação?


Esta compreensão pode ser resumida num único parágrafo:

“Entenda que toda situação que você vive é neutra; são os seus pensamentos, apoiados pelo seu sistema de crenças, que interpretam as situações como positivas ou negativas. E com base nesta interpretação você reage emocionalmente, cria cenários de futuro e toma decisões”.


Quando eu comento este ensinamento nos meus grupos, percebo uma reação que combina surpresa e curiosidade. Esta reação se apoia na crença de que o nosso bem estar e felicidade depende totalmente do contexto externo em que vivemos. Sem perceber, aprendemos a nos tornar dependentes das outras pessoas e situações para nos sentirmos seguros e confortáveis.


Poucos têm consciência de que o mundo com o qual nos relacionamos não é algo “fora de nós”, independente de quem somos. Gradativamente, na medida em que ampliamos nossa consciência, nos damos conta que não nos relacionamos com o mundo “lá fora”, mas com a interpretação que fazemos dele “aqui dentro”. Esta mudança de eixo da consciência nós chamamos de transformação – da posição de dependência ou vitimismo em relação ao mundo, para uma de autonomia e empoderamento.


Esta compreensão pode ocorrer de forma gradual, após muitos anos de trabalho interior, ou de forma espontânea ou não planejada. Um exemplo desta segunda forma de compreensão é o de Byron Katie, uma norte-americana que desde a década de 80 ensina uma abordagem prática de transformação pessoal chamada “O Trabalho”. O que ela descobriu, a partir de uma experiencia de depressão profunda, é que nos momentos em que acreditava em seus pensamentos, ela sofria; e quando não acreditava, não sofria. Ela aprendeu que investigando seus pensamentos – não considerando-os como verdades – ela deixava de acreditar nas histórias que sustentavam a depressão. E descobriu que isso é verdadeiro para qualquer pessoa, em qualquer situação.

Ao reconhecer o poder desta descoberta, ela se dispôs a investigar cada pensamento ou crença limitante que gerava sofrimento, referencias que tinham sido construídas no contexto familiar e social no qual ela viveu, e que nunca tinham sido conscientemente exploradas. Além disso, ela verificou que na medida em que avançava no processo de investigação interior, foi acessando sentimentos de paz, tranquilidade e liberdade cada vez mais profundos.


Durante este processo de investigação interior, que durou alguns anos, Byron Katie desenvolveu um método para explorar qualquer pensamento ou crença que pudesse gerar incomodo, frustração ou sofrimento. Este método é composto de cinco perguntas, que devem servir de reflexão para um processo de investigação interior:

1. Este pensamento é verdadeiro?

2. Você pode ter absoluta certeza de que ele é verdadeiro?

3. O que acontece, o que você sente e faz, quando acredita que ele é verdadeiro?

4. O que aconteceria se você não pudesse acreditar que ele é verdadeiro?

5. Reverta o significado deste pensamento.


Para demonstrar o poder de transformação desta abordagem, vou dar um exemplo a partir da minha identificação com um pensamento que deve estar afetando muitas pessoas neste momento:

Eu não tenho controle sobre o que está acontecendo – vou enlouquecer!


Você também pode fazer este exercício completando a frase com outros medos que estejam atuando em você neste momento, por exemplo:

Eu não tenho controle sobre o que está acontecendo – vou perder tudo o que tenho!

Eu não tenho controle sobre o que está acontecendo – eu e minha família vamos sofrer!


Na sequência abaixo, vou usar as perguntas para refletir sobre a primeira crença:

Crença/pensamento: Eu não tenho controle do que está acontecendo – vou enlouquecer!

Isso é uma verdade? Quando me coloco no lugar das pessoas que neste momento estão identificadas com este pensamento, respondo: sim, é uma verdade.

Posso ter absoluta certeza de que este pensamento é verdadeiro? Quando reflito sobre a frase, percebo que não posso dizer que este pensamento é absolutamente verdadeiro. É possível que seja apenas uma história que aprendi a repetir, com base em experiencias do passado, que me fizeram acreditar que não ter controle é ruim, pois gera sofrimento.

O que geralmente acontece (o que você sente e faz) quando acredita que este pensamento é verdadeiro? Todos os meus medos vêm à tona imediatamente; parece que vou enlouquecer; me comporto de forma descontrolada, esperando que as outras pessoas me ajudem a encontrar algum ponto de equilíbrio (sem perceber, “enlouqueço as outras pessoas”); acredito que o pior vai acontecer, a cada momento; fico exausto, irritado, deprimido, frustrado e impotente. Para diminuir o sofrimento tomo remédios controlados, ou me entorpeço com bebidas alcoólicas ou me alimento de forma impulsiva e inadequada para “aliviar” o mal estar. Ou fico me conectando com as outras pessoas para “desabafar” e me distrair do meu desconforto. Depois me culpo por “castigar” o meu corpo ou ter “descarregado” minhas emoções nas pessoas que mais amo. Vou dormir me achando...(complete).

O que aconteceria se você não pudesse acreditar que este pensamento é verdadeiro? Iria me sentir livre para escolher como lidar com as situações, na medida em que elas surgissem; poderia refletir sobre o momento atual e reconhecer que nunca tive controle sobre nenhuma situação; perceberia que tenho todos os recursos para lidar e ultrapassar os desafios atuais.

Reverta o significado deste pensamento. Eu não tenho controle do que está acontecendo – vou ficar são! Enfim descobri a verdade – nunca tive controle sobre nada. A necessidade de controlar para me sentir bem era pura ilusão. Não posso controlar o mundo externo, mas posso desenvolver a capacidade de gerenciar meu mundo interno – como lidar com meus pensamentos, sentimentos e emoções. E ao fazê-lo, tenho a clareza suficiente para reconhecer que tenho todos os recursos para lidar com qualquer situação.


O que geralmente acontece quando uma pessoa completa esta reflexão usando um pensamento estressante, é que ao final ela se sente mais calma para entender o que ela pode mudar, e a compreensão para aceitar o que não pode. Ou na forma de oração, criada por Reinhold Niebuhr:

Senhor, conceda-me a serenidade para aceitar aquilo que não posso mudar, a coragem para mudar o que me for possível e a sabedoria para saber discernir entre as duas


Neste momento de tantos desafios, outros pensamentos e crenças podem estar desestabilizando seu sistema interior e criando dúvidas, inseguranças e conflitos. Abaixo listo alguns deles:

· Eu não sou competente o suficiente para lidar com esta situação

· Se eu tivesse me planejado melhor não estaria nesta situação

· Algo terrível vai acontecer

· Eu não posso errar

· A vida não é justa

· Eu preciso de mais dinheiro

· Eu preciso tomar uma decisão

· Eu não posso desapontar as pessoas

· Eu preciso atender a expectativa de todas as pessoas

· É meu papel fazer com que ______ se sintam seguras e felizes

· Meu/minha ______ deveria me ouvir

· Meu chefe deveria me reconhecer

· Eu estou certo!


Nesta quarentena identifique os pensamentos/crenças que te impactam de forma mais negativa, e perceba que ao dar poder a eles, você perde a capacidade de discernir entre fantasia e realidade, e se torna vítima das próprias histórias que sustenta. Descubra que a liberdade interior e transformação do (seu) mundo está em suas mãos! Não desperdice esta oportunidade.


PS: se você quiser aprender a utilizar o método “O Trabalho”, envie uma mensagem para o e-mail: contato@liderancaintegral.com

2019 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS PARA LIDERANÇA INTEGRAL 

ENDEREÇO: Rua Afonso de Carvalho, 59 - Vila Madalena. São Paulo / SP.

FONE: (011) 99131-7986

CONTATO@LIDERANCAINTEGRAL.COM | ROBERTO@LIDERANCAINTEGRAL.COM

Criado por MECOMUNICA @mecomunica.mkt ou contato@m3comunica.com

  • Facebook Fanpage
  • Linkedin
  • Youtube Liderança Integral
Assine a nossa newsletter e receba notícias, conteúdos e agenda de eventos.